VITINHO BRILHA EM GOLEADA DA SELEÇÃO OLÍMPICA; TALISCA SAI DE AMBULÂNCIA

Seleção Olímpica

A equipe olímpica deu um primeiro passo animador em sua preparação para os Jogos (Foto: Fernando Madeira/A Gazeta)
A equipe olímpica deu um primeiro passo animador em sua preparação para os Jogos (Foto: Fernando Madeira/A Gazeta)

Se no sub-20 Alexandre Gallo encontrou dificuldades no início do ano, na seleção brasileira olímpica a história é diferente. No primeiro amistoso da equipe em 2015, o Brasil venceu com tranquilidade o Paraguai sub-23 por 4 a 1 nesta sexta-feira, no estádio Kléber Andrade, em Cariacica, Espírito Santo. O destaque da partida foi o atacante Vitinho, autor de dois gols e de passe para outro, de Lucas Silva.
Talisca completou o placar, mas deu um susto. Ele havia entrado no lugar de Vitinho aos 14 minutos do segundo tempo, fez um gol aos 19, mas machucou a boca ao se chocar com um marcador e caiu no gramado, assustando os companheiros. O jogador do Benfica deixou o campo de maca e foi levado de ambulância a um hospital, por precaução, de acordo com a CBF. Vinícius Araújo entrou em seu lugar.

Talisca é atendido no gramado após machucar a boca em choque com o adversário (Foto: Felipe Schmidt)
Talisca é atendido no gramado após machucar a boca em choque com o adversário (Foto: Felipe Schmidt)

À parte o problema de Talisca, a noite do Brasil foi positiva. A torcida capixaba lotou o estádio – os 16 mil ingressos disponibilizados foram vendidos, e muita gente ainda acompanhou a partida do lado de fora -, apoiou o time e viu a seleção impor sua superioridade técnica desde o início.

O trio de ataque, sem um jogador fixo, funcionou. Vitinho foi o maior exemplo: escalado como camisa 9, saiu da área para dar um lindo passe para Lucas Silva abrir o placar, aos 15 minutos do primeiro tempo. Depois, recebeu ótimo toque de Alisson para tocar na saída do goleiro, aos 42. Antes disso, Felipe Anderson teve boas oportunidades, armadas por Rafinha.

Limitado, o Paraguai até voltou melhor no segundo tempo, aproveitou um momento de desatenção da equipe brasileira e diminuiu em bela cobrança de falta de Domínguez, por baixo da barreira, aos oito minutos. Logo depois, porém, a dupla Alisson e Vitinho voltou a funcionar, e o atacante do Internacional acertou um belo chute de voleio após passe do cruzeirense para estufar as redes.

O camisa 9 deixou o campo ovacionado para a entrada de Talisca, que durou pouco em campo, por causa da lesão, mas deixou sua marca. Gallo aproveitou a vantagem para mudar o time. A seleção, satisfeita com o resultado, só administrou o placar até o fim. Após o apito final, os jogares agradeceram o apoio da torcida.

O próximo desafio da seleção olímpica é no domingo, em São Luís, no Maranhão. O adversário será o México sub-23, no estádio Castelão. A partida acontece às 17h (de Brasília), e o GloboEsporte.com acompanhará em Tempo Real. Fonte Globo.com.