TSE PUBLICA ACÓRDÃO COM CASSAÇÃO DE TRÊS VEREADORES; SUPLENTES IRÃO ASSUMIR

Thais Helena, Paulo Pedra e Delei Pinheiro são acusados de compra de votos

Thais Helena, Paulo Pedra e Delei Pinheiro perdem suas cadeiras na Câmara Municipal
Thais Helena, Paulo Pedra e Delei Pinheiro perdem suas cadeiras na Câmara Municipal

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicou o acórdão da decisão que determina a cassação de mandato dos vereadores Thais Helena (PT), Paulo Pedra (PDT) e Delei Pinheiro (PSD). Com isso, eles devem deixar suas cadeiras na Câmara Municipal.

Os três são acusados de compra de voto e abuso de poder nas eleições de 2012. “O acórdão regional consignou restar evidenciada, com base nas provas constantes dos autos, a autoria e materialidade da captação ilícita de sufrágio, consubstanciada na farta distribuição de combustível para a população que ostentasse propaganda eleitoral dos candidatos, e enfrentou a questão da gravidade das condutas, as quais entendeu, como já o fizera na sentença, configuradoras do abuso”, consta em trecho do acórdão.

RITO

Para a posse dos suplentes, primeiro o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) faz a recontagem dos votos e, depois de definidos os nomes, encaminha ofício para a Câmara Municipal, determinando o ato de posse.

SUPLENTES

Um dos suplentes, Roberto Durães (PT), que ficará com a vaga de Thais Helena, tem pressa em assumir. Seu advogado, Laércio Guilhem, entrou com pedido no TRE para que a posse ocorra imediatamente. A alegação é de que o partido disputou as eleições em chapa única e, que não há necessidade de recontagem de votos.

Para a vaga de Paulo Pedra (PDT) que estava licenciado para assumir a secretaria de governo de Bernal, ocupará Eduardo Cury (PtdoB). Ele já está em atuação, mas como suplente. Agora, ele assumirá a vaga definitiva. Já para a vaga de Delei Pinheiro ainda não há um nome certo. Fonte Correio do Estado.