TRATAMENTO DE CÂNCER DE PRÓSTATA

Saúde

A forma de tratamento adequada depende de cada caso; da idade do paciente, da expectativa média de vida, do estadiamento da doença (se localizada ou avançada) e principalmente da escolha do paciente frente às opções possíveis.

Para doenças que estão ainda apenas na próstata, existem 3 tipos de tratamento (que são usados isolados ou em associação), que têm o objetivo de tentar curar o paciente. São eles a cirurgia, a radioterapia (radiação aplicada externamente) e a braquiterapia (que consiste na colocação se sementes radioativas no local da próstata).

Cada uma delas tem suas vantagens e desvantagens. Para pacientes mais idosos e tumores menos agressivos, pode-se também acompanhar o paciente rigorosamente e tratar apenas se o tumor mostrar sinais de alteração em sua agressividade. A decisão da melhor forma de tratamento deve ser tomada em conjunto entre o médico, o paciente e a sua família.

Sobre a forma de cirurgia (aberta – convencional, laparoscópica – com pequenas incisões, ou por robô), todas se mostram equivalentes quanto aos resultados oncológicos (chance de controle da doença).
Nos casos avançados, onde a doença já “se espalhou” pelo corpo do paciente, também existem tratamentos, embora não sejam mais curativos, mas que podem controlar a doença, como o bloqueio hormonal (trata-se de bloquear a produção de testosterona, o hormônio masculino, que faz o câncer se desenvolver) ou a quimioterapia em alguns casos.

A mensagem mais importante que desejamos passar é sobre a importância em ter uma vida saudável, fazer exames de rotina regularmente e, no caso de você ou algum familiar descobrir que tenha câncer de próstata, não entre em pânico:  procure um urologista, que ele poderá fornecer o tratamento adequado para o seu caso.