TOMA POSSE O NOVO PRESIDENTE DO TJMS, JOÃO MARIA LÓS

João Maria Lós ´Presidente TJMS
Lós será o presidente e Paschoal será o vice-presidente do TJMS no biênio 2015/2016 (Foto: Luiz Alberto).

Tomou posse no fim da tarde desta sexta-feira (30) o novo presidente do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador João Maria Lós, que nas eleições de 2014 presidia o TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

A nova administração do Tribunal também conta com o desembargador Paschoal Carmello Leandro, na Vice-Presidência e o desembargador Julizar Barbosa Trindade, como novo Corregedor-Geral de Justiça. Os três foram eleitos para o biênio 2015/2016.

 “A expectativa para os dois anos de gestão será de manter a qualidade do Tribunal dado ao trabalho dos outros presidentes. Pretendemos implantar o cartório eletrônico para atender a população e estimular a conciliação. Desta forma, queremos diminuir o numero de processos”, afirmou Lós.

O magistrado também prometeu manter o que chamou de ‘bom diálogo’ com as demais instituições, e citou a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil, Defensoria Pública e Assembleia Legislativa).

O novo presidente do TJMS é juiz de carreira há 33 anos e afirmou que pretende manter a ‘qualidade dos serviços do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul’, que segundo ele é reconhecido em todo o país.

João Maria Lós é paulista de São José dos Campos e ingressou na magistratura em maio de 1981, na Comarca de Miranda. No ano seguinte foi promovido para a Vara Criminal de Corumbá e, em 1987, foi novamente promovido para a 3ª Vara Criminal de Campo Grande, de Entrância Especial.

Na Capital, a pedido, foi removido para a 9ª Vara Cível em 1988. Foi diretor do Foro das comarcas onde judicou e também juiz eleitoral. Integrou o TRE/MS quando esteve na Missão de Paz da ONU, no Camboja, como observador eleitoral daquele organismo internacional, nas eleições de 1993.

Em Campo Grande titularizou o 1º Juizado Especial Criminal e presidiu a Turma Recursal Criminal. Ocupou os cargos de presidente da Associação de Magistrados de MS (AMAMSUL), diretor da Associação de Magistrados Brasileiros (AMB) e diretor da Escola Superior da Magistratura (Esmagis).

Foi promovido ao cargo de desembargador em junho de 1997, atuou como vice-presidente do TJMS no biênio 2005/2006. Recentemente presidiu o Tribunal Regional Eleitoral de MS.

Paschoal Carmello Leandro é natural de Corumbá e formado pela Faculdade de Direito de São Carlos (SP). Ingressou na magistratura em maio de 1983, quando foi nomeado para exercer o cargo de juiz substituto na 5ª Circunscrição, em Aquidauana. Em maio de 1984, foi promovido para judicar em Rio Brilhante, comarca de 1ª entrância.

Em maio de 1986 foi promovido para 2ª entrância e passou a atuar na 2ª Vara da Comarca de Jardim. Em 1990 assumiu como juiz de entrância especial na 5ª Vara Criminal de Campo Grande. A pedido, foi removido para a 7ª Vara Criminal na Capital e, em 1994, teve sua designação alterada para a 3ª Vara Criminal de Campo Grande, onde permaneceu até ser promovido a desembargador, em fevereiro de 2005. Atualmente ocupa o cargo de Presidente do Tribunal de Justiça de MS.

Julizar Barbosa Trindade é natural de Ouro Branco, na Bahia, e formou-se em Direito na Fundação Educacional Eurípedes Soares da Rocha de Marília (SP). Ingressou na magistratura sul-mato-grossense em fevereiro de 1982, como juiz substituto em Corumbá. Três meses depois, tornou-se juiz de direito em Glória de Dourados. Em 1984, foi promovido para a 2ª Vara da Comarca de Amambai, 2ª entrância.

Em 1985, a pedido, foi removido para a 1ª Vara Cível de Ponta Porã. Em 1988, foi promovido para a Comarca de Campo Grande, Entrância Especial, onde atuou na Vara de Entorpecentes e Delitos de Trânsito com vítimas, na Vara da Fazenda e Registros Públicos, na 3ª Vara Cível Residual e na Vara de Cartas Precatórias Cíveis, onde permaneceu até a promoção ao cargo de desembargador, em fevereiro de 2007. O desembargador ocupa atualmente o cargo de vice-presidente do TJMS. Fonte Midiamax.com – Ludyney Moura e Juliana Rezende