TESTE DE SALIVA PODE PREVER QUANTOS ANOS VOCÊ IRÁ VIVER

Grupo acha que estudo maior será suficiente para ligar a saliva a doenças infecciosas

Recentemente, estudiosos da Universidade de Birmighan desenvolveram uma nova forma de prever a longevidade humana. Parece simples demais, mas um pouco da sua saliva já pode conter material suficiente para prever como está a sua saúde. Para comprovar o estudo, foram selecionados 639 adultos em 1995, eles foram acompanhados durante 19 anos.

De acordo com a pesquisa, há um componente químico específico que está bastante ligado ao risco de morte e não é nem mesmo necessário tirar sangue para analisá-lo. O “elemento da vida” é a imunoglobulina secretora A (IgA, como é reportada cientificamente), um tipo de anticorpo. Quanto mais perto uma pessoa está da morte, menor a quantidade do elemento.

“Existe um grande número de fatores que pode afetar o quão bem produzimos anticorpos e mantemos o nível deles”, afirmou uma das responsáveis pelo estudo, a doutora Anna Phillips. Por isso, o teste do IgA pode ser usado como uma forma de analisar o quanto o corpo pode se defender e, consequentemente, viver.

O quanto amostras de saliva poderão ser usadas em check-ups de rotina ainda é algo que pode ser mais estudado. “Precisamos compreender melhor como cada nível de secreção deve ou não ser considerado alarmante”, completou Phillips, em matéria do Daily Mail.

Ainda assim, o grupo acredita que um estudo maior deve ser o suficiente para ligar a saliva a possíveis doenças infecciosas, desenvolvimento e câncer, entre outras enfermidades.

Enquanto os estudos ainda não se aprofundam para cálculos exatos, um dos meios mais eficazes de tentar descobrir quantos anos de vida ainda te resta são testes que medem basicamente a qualidade e os hábitos de vida, assim como predisposições de saúde. Fonte Super Incrível.