ROBINHO ATACA EX-PRESIDENTES DO SANTOS EM SAÍDA

Esporte

Robinho não escondeu que propostas chinesa foi muito boa financeiramente
Robinho não escondeu que propostas chinesa foi muito boa financeiramente

Robinho resolveu não esconder os motivos que o levaram a deixar o Santos para acertar com o futebol chinês: dinheiro. Mas antes de que alguém o acuse de ser mercenário, o atacante colocou a culpa de sua saída nos ex-presidentes do clube, Luis Álvaro de Oliveira, o Laor, e Odílio Rodrigues.

“Quem tem que dar uma explicação aos torcedores são o Laor e o Odílio, que deixaram o clube nessa situação financeira terrível. Muita gente esquece que eu joguei oito meses sem receber no Santos, e nunca deixei de treinar ou jogar. Sempre fiz o meu melhor pelo Santos”, contou ele em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Por isso, mesmo saindo com o Santos ainda lhe devendo dinheiro, ele isenta a atual diretoria de qualquer culpa, dizendo que já pegaram o clube em uma situação complicada. Até por isso ele justifica sua escolha pela China, revelando que teve propostas de outros clubes.

“Tive propostas de todos esses clubes: Querétaro, dos Emirados Árabes, Cruzeiro e Flamengo, mas fechei com o futebol chinês por causa dos valores financeiros que me propuseram, e depois pela comissão técnica e dos jogadores brasileiros que estão lá”, disse ele.

Com uma filha próxima de nascer, Robinho ainda não sabe exatamente quando viaja para China, mas diz que isso deve acontecer nos próximos dias. Com o Guangzhou Evergrande, o atacante assinou por apenas seis meses, isso porque ele quer avaliar depois desse período sua adaptação.

“São seis meses, para ver a questão de adaptação, e depois temos a possibilidade de renovar por um ano ou até mais. Estou feliz com o contrato, agora a expectativa é chegar e jogar bem. Já falei com o Felipão e conheço os brasileiros que estão lá, então acho que não vai demorar para me adaptar, mas não penso agora se vou voltar ou não”, explicou. Fonte Band.