REDUÇÃO DO ICMS CAUSA BAIXO IMPACTO NO

Resultado Negativo

Duas semanas após a alíquota do ICMS do diesel ser reduzida de 17% para 12% em Mato Grosso do Sul, a queda do preço médio do litro do combustível nas bombas é de R$ 0,06 no Estado, conforme levantamento de preços da Agência Nacional de Petróleo, Gás Nacional e Biocombustíveis (ANP). Na semana anterior à redução, que entrou em vigor a partir do dia 1º de julho, o derivado do petróleo era comercializado ao valor médio de R$ 3,078, enquanto que, hoje, o litro vale R$ 3,013. Segundo proprietários de transportadoras locais, a queda de 2,11% no valor do derivado do petróleo ainda surte pouco efeito na planilha de despesas.

A KM Transportes possui frota de 200 caminhões e atende 32 cidades do Estado, além da Capital, com serviços de coleta e transferência de carga. Para o dono da empresa, Luiz Henrique Rodrigues, a diferença no preço do diesel não resolve os problemas do segmento. “Claro que ajuda, pois toda redução, por menor que seja, é positiva. Porém, é como dar um remédio para dor a um paciente que está em coma, pois a diminuição está inserida em um contexto de descredibilidade dos investidores, aumento das tarifas de energia elétrica, fim da desoneração”, explica. “Nosso armazém funciona até 23h e isso implica no valor da conta de luz, por exemplo. Então, é uma iniciativa positiva, mas não é uma solução”, completa. Fonte Correio do Estado.