PRODUÇÃO DE CAFÉ DEVE SUPERAR MARCA DE 44 MILHÕES DE SACAS EM 2015

Economia

O café conilon, teve uma queda de 13% devido a fatores climáticos
O café conilon, teve uma queda de 13% devido a fatores climáticos

A produção de café no Brasil deverá chegar a 44,28 milhões de sacas de 60 kg de café beneficiado. A estimativa foi divulgada nesta terça-feira (9) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O resultado, que considera a produção de café arábica e conilon, mostra uma redução de 2,3% com referência à safra passada de 45,34 milhões de sacas.

O recuo se observa no café conilon, com uma queda de 13% devido a questões climáticas. A forte estiagem no período de formação e enchimento dos grãos, aliada às altas temperaturas na região produtora do Estado do Espírito Santo, interferiram de maneira negativa na produtividade. 

Já o café arábica deverá apresentar um acréscimo de 1,9%, graças principalmente à evolução da cultura na Zona da Mata mineira e também na produção do Paraná que se recupera da forte geada de 2013.

A produção de café arábica, que corresponde a 74,3% do volume produzido no País, está estimada em 32,91 milhões de sacas. O maior produtor é o Estado de Minas Gerais, com volume estimado de 23,30 milhões de sacas. O conilon, cuja produção contabiliza 11,35 milhões de sacas, representa 25,7% do total nacional e o Espírito Santo é o maior destaque, com uma produção de 7,76 milhões de sacas. Fonte: Portal Brasil.