PRF APREENDE EM ÁGUA CLARA MACONHA QUE SERIA VENDIDA EM SÃO PAULO

Durante ronda ostensiva pela BR-262, km 143, em Água Clara, a equipe abordou o veículo GM/Zafira Expression, com placas de Campo Grande, conduzido por J. F. C. S., 24 anos, lavador de estofados, e tendo como passageiros R. M. S. S., de 46 anos, cartomante e J. E. C. S., de 30 anos, estudante.

No momento da abordagem, o motorista estava finalizando o abastecimento do automóvel no Auto Posto Cervantes e os passageiros estavam no restaurante do posto. No decorrer da entrevista, os policiais observaram que o condutor estava nervoso bem como informando origem, destino e motivo da viagem incomuns. Diante da fundada suspeita verificada, procedeu-se à vistoria minuciosa no carro sendo localizados em um compartimento oculto diversos tabletes de maconha que, após pesagem, totalizaram 52 kg.

Enquanto vistoriava o veículo, antes de localizar a droga, o motorista fugiu a pé em direção à rodovia e adentrou em uma vegetação fechada não sendo possível alcançá-lo. Em ato contínuo, os passageiros foram presos dentro do banheiro feminino do Posto Cervantes.

Os ocupantes do automóvel que foram detidos declararam que desconheciam a existência de maconha no carro, que estavam vindo de Campo Grande e ia para São Paulo/SP fazer compras. A passageira disse que é mãe da namorada (sogra) do condutor que fugiu e o passageiro informou que é irmão do motorista que se evadiu.

Ocorrência encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Água Clara. Os passageiros ilesos, o veículo e o entorpecente foram entregues no Distrito Policial local.

Foi necessário o uso de algemas para assegurar a integridade física dos presos e da equipe policial bem como para evitar a fuga dos mesmos.

Os presos responderão pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. O condutor que fugiu certamente terá a prisão preventiva decretada pelo juiz competente para responder o processo criminal detido. Fonte Perfilnews.