PRESO HOMEM QUE ABUSAVA DAS FILHAS POR MAIS DE DOIS ANOS

Crimes aconteciam na casa das vítimas e polícia suspeita de consentimento da mãe

Preso, no início da tarde desta quinta-feira (29), suspeito de ter estuprado quatro filhas em Campo Grande. O homem, de 37 anos, estava foragido desde 2013, quando o caso veio à tona e acabou localizado depois de denúncias anônimas. Com consentimento da mãe das vítimas, ele havia retornado para casa há poucas semanas.

Segundo informações da delegada Daniela Kades, da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), as denúncias foram feitas há dois anos. Na ocasião, as meninas com 17, 15, 13, e 12 anos conversaram com psicólogos e confirmaram os estupros, afirmando ainda que a mãe sabia do caso. Elas relataram que a violência sexual teve início quando tinham entre 10 e 11 anos. 

As garotas foram submetidas a exames de corpo de delito em que ficou confirmado o rompimento himenal em três delas. Os resultados mostraram ainda que elas haviam sido contaminadas com Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s). No total, o casal têm sete filhos e a polícia investiga se há outras vítimas.

Aos policiais, o homem negou as acusações e disse que estava trabalhando em uma propriedade rural no município de Bonito. Ele já tinha sido investigado por lesão corporal seguida de morte, furto, receptação e um estupro contra uma ex-namorada e chegou a ficar preso durante um ano.

A mãe das garotas foi chamada várias vezes a prestar depoimentos à polícia, mas nunca compareceu. Conforme a delegada, ela também poderá responder criminalmente por omissão. “A gente quer ouvir essa mãe para saber qual foi o grau de responsabilização dela”, disse.

De janeiro até hoje, 196 casos de estupro de crianças e adolescentes foram registrados na Capital, o que representa a média de um caso a cada 36 horas. Fonte Correio do Estado.