PREFEITURA MUNICIPAL DE ÁGUA CLARA NA CAMPANHA CONTRA DENGUE

Água Clara/MS

campanha contra dengue
Prefeito Silas, Secretária Silvana e toda equipe da saúde na Campanha contra a Dengue. Foto facebook – Assessoria

Com o slogan “Todos em ação contra o mosquito” e reforçando que o mosquito não tira férias a Administração Municipal em parceria com a Secretaria de Saúde alerta toda população para os cuidados necessários para que este mosquito não venha se multiplicar.

Nos últimos meses, o país passou a registrar casos de duas “primas” da dengue. Elas atendem pelos nomes exóticos de chikungunya e zika, são transmitidas pelo mesmo mosquito e têm alguns sintomas semelhantes.

Chikungunya é transmitida pelos mosquitos aedes aegypti (presente em áreas urbanas) e aedes albopictus (presente em áreas rurais). Sintomas: O principal sintoma é a dor nas articulações de pés e mãos. Além disso, também são sintomas: febre repentina acima de 39 graus, dor de cabeça, dor nos músculos e manchas vermelhas na pele. Como no caso da dengue, não há tratamento específico. É preciso ficar de repouso e consumir bastante líquido.

Zika mais uma vez, o aedes aegypti é o vilão da história. Mas o vírus também é transmitido pelo aedes albopictus e outros tipos de aedes. O vírus não é tão forte quanto o da dengue ou da chikungunya e os pacientes apresentam um quadro alérgico. Os sintomas, porém, são parecidos com os das doenças “primas”: febre, dores e manchas no corpo. Quem é infectado pelo zika também pode apresentar diarreia e sinais de conjuntivite. Assim como nas outras viroses, o tratamento consiste em repouso, ingestão de líquidos e remédios que aliviem os sintomas e que não contenham AAS.

“A Campanha de fim de ano deverá ser intensa, pois nesse período chuvoso o mosquito tende-se a multiplicar, o cuidado deve ser redobrado. Para isso precisamos da colaboração dos moradores do município”, explicou Silas José, Prefeito Municipal.

“Cuidar do seu quintal, alertar o seu vizinho, informar sua família, são tarefas do cotidiano, pois essas doenças podem levar a morte. A Administração Municipal apoia esta causa, junte-se a nós”, finalizou Silvana Bortoleto, Secretaria de Saúde. NFN – Mário Oliveira.