POLÍCIA CONFIRMA AUTORIA DE ASSASSINATO DE FILHA DE PM APOSENTADO

Caio Staut de 19 anos foi preso pala morte de Marielle

Marielle era frequentadora de grupo de jovens da Igreja Católica. (Foto: Reprodução/Facebook)
Marielle era frequentadora de grupo de jovens da Igreja Católica. (Foto: Reprodução/Facebook)

Caio Staut de 19 anos foi preso pala morte de Marielle Vieira de 18 anos. O crime aconteceu no Centro de Ivinhema em uma casa onde ocorria um churrasco. Ela é filha de um policial militar aposentado, enquanto a mãe trabalha no fórum da cidade.

Inicialmente o jovem de 19 anos e um adolescente de 16 teriam dito que estavam do lado de fora da casa quando ouviram o disparo. No dia do crime, a Polícia Civil encontrou uma cápsula de calibre 38 dentro do vaso sanitário.

Na delegacia, Caio acabou confessando a autoria. Ele disse que estava com a arma, mostrou para a jovem quando fez um disparo acidental. O tiro atingiu a nuca da vítima e transfixou na parte frontal da cabeça de Marielle que morreu no local.

“Ele jogou a cápsula no vaso sanitário e deu descarga, porém, não adiantou, pois localizamos a mesma e ficou evidente que a cena do crime, não era a mesma primeiramente fornecida por ele, que acabou falando esta última versão”, disse Cavagna. Fonte Jornal da Nova/Midiamax.