POLÍCIA AMBIENTAL PREPARA FISCALIZAÇÃO AMPLA PARA O PERÍODO DE PIRACEMA

PMA terá 10 postos fixos funcionando 24 horas e fará trabalho com lanchas

Policiais ambientais fazem fiscalização na pré-piracema  (Foto: Divulgação / PMA)
Policiais ambientais fazem fiscalização na pré-piracema
(Foto: Divulgação / PMA)

A piracema em Mato Grosso do Sul começa a partir da meia-noite desta quinta-feira (5). O período é referente à época de produção da maioria das espécies de peixes das duas bacias que existem no Estado, a do Paraná e a do Paraguai. A piracema irá até 28 de fevereiro de 2016.

A Polícia Militar Ambiental ainda divulgou que está em curso a operação pré-piracema, com fiscalização que foi iniciada desde outubro contra a pesca predatória.

As cachoeiras e corredeiras são os pontos mais vulneráveis à pesca predatória e os policiais montaram postos fixos, que funcionam 24 horas por dia, nessas regiões.“As metas estão sendo alcançadas a cada piracema, que é manter o máximo possível os policiais nos rios, em vigilância dos cardumes, fazendo com que as apreensões de pescado caiam em níveis aceitáveis, que é o objetivo da fiscalização. Ou seja, manter os peixes vivos nos rios para que cumpram sua função natural de reprodução”, divulgou a PMA, por meio de nota.

EFETIVO

O quadro da PMA, com 338 policiais, está lotado em 25 subunidades em 18 municípios de Mato Grosso do Sul.

Uma das regiões onde há um trabalho efetivo da polícia é na Cachoeira do Sossego, no rio Aquidauana, em Rochedo; e no Salto do Pirapó, no rio Amambai, em Amambai.

VEJA ONDE ESTÃO OS POSTOS

  1. Cachoeira Branca (Rio Verde) – Água Clara.
  2. Cachoeira do Sossego (Rio Aquidauana) – Rochedo.
  3. Cachoeira do Rio Anhanduí – Santa Rita do Pardo.
  4. Cachoeira do Serrano (Rio Aquidauana) – Aquidauana.
  5. Cachoeira do Morcego – Rio Aquidauana – Aquidauana.
  6. Cachoeira das Palmeiras (Rio Taquari) – Coxim.
  7. Barra do rio Aquidauana com o Miranda – Município de Miranda.
  8. Parque Estadual Várzeas do Ivinhema – Parque – Jateí.
  9. Cachoeira do Salto Pirapó – Rio Amambai – (Amambai).
  10. Cachoeira do Rio Apa – Porto Murtinho.

Além desses locais, os policiais ambientais fazem rondas com lanchas para garantir a fiscalização. Esse trabalho acontece com mais intensidade em regiões de divisa, como a que existe entre Corumbá e Puerto Quijaro (Bolívia). Fonte: Correio do Estado.