PLANTIO DE SERINGUEIRAS AVANÇOU 2.000% EM MS NOS ÚLTIMOS ANOS

Cassilândia/MS – Florestas

MS deverá chegar a 21 milhões de pés de seringueiras plantadas até 2021, segundo as estimativas  (Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado)
MS deverá chegar a 21 milhões de pés de seringueiras plantadas até 2021. (Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado)

A seringueira começa a ganhar espaço em Mato Grosso do Sul, com crescimento de 2.000% no total de mudas plantadas em sete anos. De tímidas 600 mil árvores em todo o Estado, no ano de 2006, o plantio hoje estimado supera 11,2 milhões de pés que ocupam aproximadamente 23 mil hectares. Além do expressivo crescimento no cultivo das seringueiras e extração de látex que devem garantir 4 mil postos de trabalho até 2021, o Estado deve receber uma indústria de produtos de borracha.

A maior região produtora ainda está em Cassilândia puxada pelo projeto milionário da Cautex Florestal, que já investiu mais de R$ 400 milhões no Estado. No município, de 2007 até o final de 2014, foram plantados mais de 3,25 milhões de árvores, em cerca de 30 propriedades, e no Estado todo esse número já supera 5,92 milhões de árvores somente referentes as áreas da Cautex Florestal. Atualmente a empresa tem três viveiros de mudas no município de Cassilândia, um em Paraiso da Águas e um em Paranaíba, produzindo mais de 1,5 milhões de mudas anualmente.

Camapuã, por exemplo, o plantio também avançou nos últimos oito anos. Hoje são 500 hectares produzindo atualmente. No município grandes fabricantes de pneus como Michellin, Firestone, Pirelli e Good Yera compram borracha dos produtores. Fonte Correio do Estado.