PINHEIROS DE RIBAS É VICE-CAMPEÃO DA COPA GUANANDI 2015

Ribas do Rio Pardo/MS

A torcida riopardense compareceu em peso e tentou empurrar o Pinheiros.
A torcida riopardense compareceu em peso e tentou empurrar o Pinheiros.

O Pinheiros de Ribas do Rio Pardo bem que tentou o título inédito da Copa Guanandi, mas acabou sofrendo uma derrota por 4 a 1 na grande final desse domingo, dia 17, e ficou com o vice-campeonato da Copa Guanandi 2015, competição que chegou a quarta edição e já se tornou uma das mais tradicionais do salonismo em Mato Grosso do Sul.

O time de Ribas do Rio Pardo chegou à decisão depois de passar pelo Colégio ABC na terça-feira, dia 12, em vitória épica conquistada na disputa por pênaltis. O Pinheiros de Ribas mostrou porque o futsal vive um excelente momento nesse início de disputas estaduais na temporada. Além do Pinheiros, Lion de Ribas e Bonanza Futsal também estiveram na disputa da Copa Guanandi e chegaram à 2ª fase com boas campanhas. A Região ainda teve a presença até a segunda fase do time do Asas/Portuguesa de Água Clara.

O confronto decisivo da Copa Guanandi 2015 aconteceu na manhã desse domingo, dia 17, no Ginásio do Colégio Dom Bosco, com direito a um bom número de torcedores nas arquibancadas e transmissão ao vivo para todo o Estado, menos para Ribas do Rio Pardo que sofreu com problemas na retransmissão do sinal da TV Guanandi, a afiliada de TV Bandeirantes. O lamentável é que o problema é antigo. No dia 15 de março de 2015, na estreia do Bonanza Futsal na Guanandi, o telespectador também ficou sem sinal.

Com a bola rolando, o Pinheiros de Ribas vinha de uma pesada maratona de quatro partidas nos últimos cinco dias, acabou entrando ‘desligado’ em quadra e viu o time da capital abrir o placar logo nos primeiros minutos do jogo. E em uma falha primária do bom goleiro Jakão, justamente o atleta que brilhou nas semifinais e na estreia da Copa Morena: 1 a 0 Construmarc.

O gol sofrido foi um choque momentâneo de ânimo no Pinheiros de Ribas que acordou, mudou a postura e passou a atacar. A atitude ofensiva também surtiu efeito imediato. Vavá, aos 6 minutos, após triangulação no meio de quadra, acertou o canto direito do goleiro da Construmarc, e deixou tudo igual: 1 a 1.

As duas equipes continuavam mostrando um futsal de alto nível e justificavam porque estavam na final da competição. Porém, a bola insistiu em não rolar ‘redonda’ quando estava nos pés dos riopardenses, e acabou rolando com facilidade nos pés dos campo-grandenses. Antes dos 10 minutos de jogo, a Construmarc voltou a abrir vantagem no placar: 2 a 1.

O diretor de esportes de Ribas do Rio Pardo, Valdeir Bonato, fez questão de acompanhar de perto o duelo decisivo na capital e mesmo com a derrota elástica, avaliou como muito boa atuação do Pinheiros. “Jogaram muito bem mas o excesso de jogo nos dias anteriores, acredito que prejudicou a equipe.” Avaliou o diretor.

A Construmarc continuou à todo vapor e antes do fim do primeiro tempo, já vencia o jogo por 3 a 1 e dominava as iniciativas e a posse de bola no confronto. De volta para a etapa complementar da grande final, o Pinheiros de Ribas bem que tentou voltar para o ‘abafa’ nos primeiros minutos do segundo tempo, mas a defesa bem postada dos campo-grandenses caiu como um balde de água fria no time do interior que acabou caindo de vez quando sofreu o quarto de derradeiro gol do jogo que deu números finais ao jogo e garantiu o título à Construmarc com direito a goleada. Final, Pinheiros de Ribas 01 x 04 Construmarc. Fonte: Rio Pardo News.