PESQUISA DA VACINA CONTRA DENGUE ESTÁ NA TERCEIRA FASE

Epidemia de Dengue em São Paulo

DENGUEA vacina da dengue está na terceira fase de pesquisa e a liberação para seus testes deve ocorrer até o final do mês. Segundo o presidente da Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária), Ivo Bucaresky, técnicos priorizaram os trabalhos para verificar a regulamentação dos estudos.

Bucaresky explicou que ainda levará um tempo para que a imunização contra o mosquito seja disponibilizada para a população em geral.

O governo do Estado de São Paulo também estuda a possibilidade de realizar os testes da terceira fase na Índia, pois as autoridades de saúde do país teriam se mostrado interessadas na vacina.

A expectativa do Instituto Butantan, que está à frente da pesquisa, é que a imunização seja produzida em grande escala ainda em 2016.

Apesar de o secretário de Estado de Saúde de São Paulo, David Uip, afirmar que, no último mês, houve uma diminuição considerável no número de infectados pela dengue, dados da Secretaria Estadual da Saúde mostram que, desde janeiro, já foram registrados 261 mil 453 casos no estado.

Na quinta-feira, foi declarado oficialmente pela Secretaria Municipal de Saúde que a cidade de São Paulo vive uma epidemia de dengue. Oito mortes já foram confirmadas devido à doença e outras 25 são investigadas.

Na terça-feira, o prefeito Fernando Haddad disse que São Paulo não vivia uma epidemia e calculou que a média de casos confirmados na cidade é de 180 por 100 mil habitantes, o que representa “um quinto da incidência no estado”.

O prefeito deu a declaração enquanto visitava o Centro de Educação Infantil “Ilha da Juventude”, no bairro da Brasilândia, zona norte da capital, na manhã de terça-feira. No local, moradores aproveitaram para cobrar maior presença de agentes contra a dengue na região. A mãe de um aluno utilizou o microfone do evento, aberto para a população, para reclamar que os agentes da vigilância epidemiológica da prefeitura nunca passaram na casa dela.

Cerca de 2,3 milhões domicílios em São Paulo não receberam a visita dos agentes de combate à dengue da prefeitura de São Paulo. De um total de 3 milhões, a prefeitura visitou de 600 a 700 mil casas. Fonte: Band.