PARA EVITAR GASTOS MILIONÁRIOS, GOVERNO QUER TRANSFERIR PEIXES

Aquário do Pantanal

Peixes estão em tanques improvisados  (Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado)
Peixes estão em tanques improvisados
(Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado)

Os peixes comprados para o Aquário do Pantanal, que estão em tanques improvisados na sede da Polícia Militar Ambiental (PMA) em Campo Grande, desde dezembro, já custaram cerca de R$ 900 mil aos cofres do Governo do Estado. Se mantidos lá até dezembro deste ano, quando espera-se que o empreendimento seja inaugurado, vão custar mais R$ 1.050 milhão.

Isso sem contar os R$ 5,1 milhões já empenhados junto à empresa contratada para capturar e transportar os animais, a Anambi Análise Ambiental. Todo esse gasto se explica com as constantes prorrogações de prazos para a inauguração da obra, que deveria ter sido entregue no fim de 2014.

A estimativa de custo mensal com os peixes, informada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) é de R$ 150 mil com pessoal e implementos envolvidos na manutenção do projeto de quarentena. Montadas no segundo semestre do ano passado para receber os peixes, as 43 caixas d’água continuam sendo o habitat dos 12 mil exemplares de 135 espécies. Fonte : Correio do Estado.