ONU ALERTA PARA CATÁSTROFE SE ATAQUES PERSISTIREM ENTRE ISRAEL E PALESTINA

Violência

As Nações Unidas alertaram hoje (28) que a escalada de violência entre israelenses e palestinos vai levá-los a “uma catástrofe”, enquanto novos esfaqueamentos foram registrados na Cisjordânia.

Uma mulher israelense ficou ferida em um desses ataques. Um palestino que tentou esfaquear um soldado israelense foi morto a tiros em outro ataque, indicaram a polícia e o exército israelenses.

O alto comissário da ONU para os Direitos Humanos, Zeid Ra’ad Al-Hussein, disse que a mais recente escalada do conflito de seis décadas é “extremamente perigosa”.

“A violência entre palestinos e israelenses vai nos levar até mais perto do que nunca de uma catástrofe, se não for detida imediatamente”, frisou.

Em Washington, o secretário de Estado, John Kerry, afirmou que o derramamento de sangue “é mais uma indicação da loucura de acreditar que, de alguma forma, não vale a pena prosseguir os esforços para alcançar paz e reconciliação duradouras”. “A continuação da atual situação é simplesmente insustentável”, acrescentou.

Os líderes mundiais querem ressuscitar as negociações de paz entre israelenses e palestinos que fracassaram em abril de 2014, para impedir que um alastramento da violência possa conduzir a uma terceira intifada palestina.

Mas o presidente palestino, Mahmoud Abbas, declarou que “já não é útil desperdiçar tempo em negociações” e avisou que a continuação da violência poderá “matar a última réstia de esperança para a solução de paz seja assentada na coexistência de dois Estados”.

Abbas instou ainda a ONU “a criar um regime especial de proteção internacional para o povo palestino”. Fonte: Agência Brasil.