OAB INSTAURA PROCESSO CONTRA PROCURADOR DE CAMAPUÃ

Operação Tempestade

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), instaurou processo ético-disciplinar para apurar conduta profissional do ex-procurador municipal de Camapuã (MS), Mauricio Duailibi, que está sendo investigado por sua participação em esquema fraudulento. 

De acordo com o portal da OAB na internet, a celebração de contratos fraudulentos para desvio de recursos públicos está sob a investigação do Ministério Público Estadual. Conforme a acusação, quando solicitado o fornecimento de documentação que registra os pagamentos feitos, o procurador alegou que os comprovantes foram danificados pela chuva, e depois, extraviados. Atualmente, Mauricio ocupa o cargo de Secretário de Administração do município. 

Dentre as acusações está o favorecimento na aquisição de materiais e serviços da construção civil. Cerca de R$ 8 milhões podem ter sido desviados. “Ao assumir um cargo público, o advogado assume o zelo pelo patrimônio, não devendo, em hipótese alguma, tomar proveito em benefício próprio ou de terceiros”, afirmou o presidente da OAB/MS, Júlio Cesar Souza Rodrigues. 

Conforme o vice-presidente da Seccional, Mansour Elias Karmouche, a OAB/MS vai requisitar ao MPE informações do processo para apurar a efetiva participação do advogado no esquema fraudulento. “A OAB/MS, no exercício de sua função disciplinadora, vai verificar os fatos e tomar providências, caso seja comprovada a acusação”, complementou. Fonte: Correio do Estado