NOVA FASE DA CELULOSE ALÇARÁ ESTADO A 2º DO PAÍS NO CULTIVO DE FLORESTAS

Reflorestamento

Plantio de florestas deve crescer para atender demanda  (Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado)
Plantio de florestas deve crescer para atender demanda
(Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado)

A onda verde toma conta da indústria de Mato Grosso do Sul, e o setor florestal é o comandante desta nova etapa no desenvolvimento do Estado. A área plantada de florestas em MS deve fechar o ano em quase 900 mil hectares com aumento de 12,5% em relação ao início deste ano, chegando a 1 milhão de ha em 2017.

Com isso MS será o segundo no País em reflorestamento. Tudo para atender os projetos bilionários de celulose da Fibria e Eldorado em Três Lagoas, que devem demandar mais de 300 mil ha plantados e ainda o polo moveleiro de Água Clara, que terá o pontapé inicial em 2016 com a instalação da fábrica de MDF da Asperbras.

Em meio a retração na economia e um ano conturbado do ponto de vista fiscal, a volta da celulose anima o setor e traz esperança de investimentos não apenas para Três Lagoas mas outras regiões do Estado. A hora é de plantar. Fonte Correio do Estado.