MULHER É ENCONTRADA MORTA NO BANHEIRO DA CASA ONDE MORAVA

Casal de amigos da vítima foi quem a encontrou, depois de ela ter sumido por 1 dia

Linaete Flora dos Santos, 58 anos, foi encontrada morta, já em estado de decomposição, por casal de amigos, na noite de ontem (5), no banheiro da casa onde morava, na Rua Jacutinga, no Bairro Morada Verde, em Campo Grande. A vítima tinha sangramento no nariz e possível deslocamento de mandíbula. O caso é investigado como morte a esclarecer.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, o casal disse que foi até o imóvel à procura de Linaete depois de ela ter passado o dia sumida. A casa foi encontrada com o portão encostado e a janela da cozinha aberta, que foi por onde o amigo da vítima entrou.

Em buscas pela casa, a mulher foi encontrada morta no banheiro. Havia sangramento no nariz dela e desalinhamento da mandíbula, segundo avaliação policial que também constatou que a vítima estava morta havia, pelo menos, um dia.

Linaete era casada. À polícia, o marido contou que havia saído de casa na terça-feira (2) para trabalhar em uma fazenda em Sidrolândia e foi surpreendido com a notícia da morte da esposa.

Na última vez que ele a viu, parecia estar bem de saúde. Entretanto, a vítima era hipertensa e fazia uso de medicação controlada. Ultimamente reclamava de dores no peito e arritmia cardíaca.

Em buscas pelo imóvel, o homem não sentiu falta de nenhum objeto, o que poderia caracterizar latrocínio (roubo seguido de morte). No entanto, a polícia investiga o caso. Fonte Correio do Estado.