MS RECEBE FRIGORÍFICO ESPECIALIZADO NA CRIAÇÃO E ABATE DE JACARÉS EM 2015

Corumbá/MS

corumba criação jacare
Prefeito Paulo Duarte e o sócio-proprietário do grupo Caimasul Wilson Alves Garcia Girardi

O prefeito Paulo Duarte e o sócio-proprietário do grupo Caimasul (Caimans do Sul do Pantanal Importação e Exportação Ltda), Wilson Alves Garcia Girardi, assinaram esta semana o termo de compromisso para implantação e funcionamento de um frigorífico especializado na criação e abate de jacarés em Corumbá.

O empreendimento está sendo construído em uma área de 150 hectares localizada na BR-262, a 25 quilômetros da área urbana da cidade, e além de gerar emprego e renda para a população local, também será mais um atrativo turístico da região. No local, vai ser possível acompanhar todo o processo de criação e manuseio dos animais.

“Este é um empreendimento arrojado e que vai fortalecer o turismo e a marca Pantanal, tanto dentro quanto fora do País”, afirmou o chefe do Executivo municipal. Bem aceita na gastronomia nacional, a carne de jacaré será totalmente voltada para o mercado interno. Já o couro deve ser, em sua maioria, exportado.

“Este é o primeiro incentivo fiscal que a Prefeitura oferece com base na Lei Municipal número 160, sancionada em 2013 com o objetivo de fomentar e encorajar novos empreendimentos em nossa região. Nossa cidade não tem características naturais para ser um pólo industrial, mas podemos fortalecer outros setores produtivos”, continuou o prefeito.

“Além de explorar um mercado novo, o grupo vai trabalhar a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente ao mesmo passo que garante mais uma possibilidade de geração de renda também para a população ribeirinha”, concluiu Paulo Duarte. A previsão é de que o frigorifico seja inaugurado em junho do ano que vem.

“O fato de encontrar apoio da Prefeitura e de outros órgãos públicos nos ajudou muito. Fomos muito bem recebidos aqui em Corumbá, no Imasul e no Ibama, onde buscamos e conseguimos todas as licenças necessárias até aqui. Nem todo lugar é assim e isso acabou sendo fundamental para dar continuidade ao projeto”, afirmou Wilson Girardi.

De acordo com o presidente do grupo Caimasul, Raul Amaral Campos Filho, aproximadamente 50 mil jacarés já estão sendo criados no local. A previsão é de que R$ 9,7 milhões sejam investidos no empreendimento, a grande maioria utilizada na construção das edificações e na aquisição de máquinas e equipamentos específicos. Assessoria/DA.