HEMOSUL USA 86% DE BOLSAS DE SANGUE EM UM DIA E QUASE ZERA ESTOQUE

Hemosul funciona na Avenida Fernando Corrêa da Costa, no Centro da Capital

hemosulMais da metade das bolsas de sangue que estavam estocadas no Hemosul, foram consumidas em um dia. Com isso, o banco quase zerou e o centro declarou estado de emergência.

De acordo com informações do setor da saúde, as tipagens em falta se referem ao sangue O positivo e O negativo. Apenas do tipo O positivo, na terça-feira (20), havia 150 bolsas. No dia seguinte, restaram somente 20.

Segundo justificativa, a queda repentina ocorreu em razão da grande demanda de pacientes em Campo Grande e cidades do interior.

O Hemosul ficou fechado para reforma durante seis meses e foi reinaugurado no mês de agosto. Desde então, a média de doações tem sido 80 bolsas diárias, sendo que a necessidade é de, pelo menos, 120.

“Queremos ressaltar que na semana que vem teremos um feriado, o dia do servidor público, que será comemorado no dia 30 de outubro, no qual não haverá expediente. Além do dia 02 de novembro, que é feriado nacional. Por isso, precisamos aumentar o número de doadores voluntários para nos prepararmos para o feriado”, pedem representantes do centro.

O Hemosul funciona na Avenida Fernando Corrêa da Costa e atende até o dia 29, das 7h às 17h. No sábado (31), das 7h às 12h. Depois, volta o expediente na terça (3).

Doações também podem ser feitas no Banco de Sangue da Santa Casa que funciona na sexta (30), normalmente. O Núcleo do Hospital Regional e de cidades do interior abrem até hoje (29) e retornam após o feriado do Dia dos Finados. Fonte Correio do Estado.