GOVERNO ATRASA DEPÓSITO E TORCE POR SALÁRIOS NA CONTA DE SERVIDORES AINDA HOJE

Secretaria de Fazenda negocia com bancos liberação dos pagamentos

Governador havia prometido dinheiro na conta hoje. (Foto: Bruno Henrique/Correio do Estado/Arquivo)
Governador havia prometido dinheiro na conta hoje. (Foto: Bruno Henrique/Correio do Estado/Arquivo)

No primeiro dia útil do ano, falha em depósito deixa 70 mil servidores estaduais sem salário. O prazo havia sido firmado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), em novembro, quando anunciou as datas de pagamento do décimo terceiro. Negociação com bancos busca liberar os R$ 405 milhões destinados aos servidores ainda nesta segunda-feira (4).

De acordo com a assessoria de imprensa do governo, o depósito teria sido efetuado somente hoje e servidores do tesouro estadual buscam agilizar o processo junto à rede bancária. Há expectativa de que o recurso esteja disponível na conta hoje.

Conforme o secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto Assis, todo o trâmite está regular e “não existe falha”. Ele relembrou discurso do governador, durante anúncio do décimo terceiro, de que o pagamento seria realizado no primeiro dia útil de 2016. “Quem prestou atenção ao discurso sabe que o processo ia hoje para o banco. Cabe a nós cumprir com a palavra”, ressaltou.

O secretário de Fazenda, Marcio Monteiro, bem como sua assessoria foram procurados pelo Portal Correio do Estado para comentar o caso, porém não atenderam as ligações. Já a assessoria do governo garantiu que emitirá nota de esclarecimento durante a manhã. Fonte Correio do Estado.