ESPECIALISTAS ESTRANHAM PANE EM AVIÃO COM HUCK E ANGÉLICA

Campo Grande/MS – Acidente Aéreo

Luciano Huck e Angélica - foto internet
Luciano Huck e Angélica – foto internet

Fuligem no tanque ou bomba de distribuição de combustível, qualidade da gasolina suspeita, manutenção mal feita no sistema hidráulico ou elétrico, problema com motor antes da decolagem são as prováveis razões que motivaram o pouso forçado do avião turbo hélice que transportava os apresentadores de tevê Luciano Huck e a mulher Angélica, anteontem, numa fazenda perto de Campo Grande. 

Tais presunções devem ser confirmadas ou não num período que varia de um mês, dois ou três anos, tempo que a Força Aérea Brasileira (FAB) pode levar para concluir a apuração acerca de acidentes aeronáuticos, como o que envolveu o casal de famosos.

Outro fator curioso da apuração do desastre: o relatório da FAB, por regra, não aponta culpado e, sim, a causa do revés.

As eventuais razões que justificariam o pouso forçado do avião que, além de transportar Angélica e Huck, conduziam os três filhos do casal, duas babás, além do piloto e co-piloto do aparelho, salvos sem ferimentos graves, foram apontados por três autoridades no assunto, ouvidos ontem à tarde. Fonte: Correio do Estado.