EMPRESA RESPONSÁVEL PELO CUIDADO DOS PEIXES É NOTIFICADA A DEVOLVER R$ 2 MILHÕES

Notificação é destinada ao coordenador do projeto de pesquisa científica

Peixes vivem em aquário improvisado. (Foto: Valdenir Rezende/Arquivo/Correio do Estado)
Peixes vivem em aquário improvisado. (Foto: Valdenir Rezende/Arquivo/Correio do Estado)

O Governo do Estado notificou a empresa Anambi Análise Ambiental, responsável pelo projeto de pesquisa do Aquário do Pantanal, a devolver R$ 2.086.620,97 aos cofres públicos em dez dias, a contar desta terça-feira (5), quando o aviso foi publicado no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul.

Com o atraso da obra, sete mil peixes morreram nos tanques improvisados porque não resistiram ao frio. Depois disso, o Governo do Estado rescindiu o contrato de R$ 5,2 milhões com a empresa e assumiu a manutenção dos animais.

A publicação foi destinada ao coordenador do projeto de pesquisa científica, Thiago Farias Duarte da empresa Anambi Análise Ambiental, responsável por cuidar dos peixes durante o período de quarentena.

ENTENDA O CASO

Doze mil exemplares de 135 espécies de peixes foram capturados no fim de 2014 com destino ao Aquário do Pantanal. Como a obra até hoje não foi concluída, os animais estão em tanques improvisados, gerando mais gastos ao Estado.

AQUÁRIO

O empreendimento, que deveria estar pronto no ano passado, ao custo de R$ 84,7 milhões, recebeu R$ 300 milhões e a previsão é que seja inaugurado neste ano. Fonte Correio do Estado.