EDUCADORES, PAIS E PODER PÚBLICO PRECISAM SE UNIR CONTRA DEFASAGEM NA EDUCAÇÃO NO BRASIL

Professores, escolas, pais e o poder público precisam, todos, se envolver para minimizar o prejuízo do distanciamento social causado pela pandemia na educação brasileira, avaliaram os convidados do Fórum BandNews FM: Educação, os desafios impostos pela pandemia, realizado nesta quinta-feira (20).

Participaram do encontro o ex-ministro, filósofo e professor da USP Renato Janine Ribeiro, o secretário estadual de Educação de São Paulo e ex-ministro da Educação, Rossieli Soares, a presidente do Instituto Todos pela Educação, Priscila Cruz, e o educador, catedrático da USP e ex-diretor de articulação do Instituto Ayrton Senna Mozart Ramos.

Janine destacou que a principal defasagem causada nas crianças pelo isolamento social é a emocional, com a impossibilidade de elas frequentarem o principal local de socialização nessa idade: as escolas. Para o ex-ministro, é natural que haja uma preocupação grande com o atraso de conhecimento, de formação, mas é fundamental enxergar que a educação escolar é mais do que ensino, possibilitando uma formação para o mundo.

Já Mozart Ramos trouxe à tona dados que apontam um déficit preocupante de aprendizagem entre os alunos remotos. Na avaliação do educador, catedrático da USP e ex-diretor de articulação do Instituto Ayrton Senna, é preciso considerar questões sociais emocionais e a saúde mental, mas também planejar como suprir o déficit de aprendizagem.

Ele lembra que os professores não foram formados para atividades remotas e é necessário prepará-los para essa situação, assim como adaptar o material pedagógico para que os alunos consigam acompanhá-los.

Priscila Cruz disse que a “desigualdade educacional vexatória” do Brasil ficou ainda mais visível durante a pandemia.

A presidente do Instituto Todos pela Educação ressaltou que os alunos do País não têm, em regra, acesso à conectividade, condição fundamental para um ensino à distância adequado.

Ela cobrou também um planejamento detalhado e rigoroso para que a retomada das aulas seja possível.

Já Rosely Sayão falou sobre o planejamento daqui em diante para compensar os prejuízos na educação causados pela pandemia.

A psicóloga e colunista da BandNews FM cobrou uma reinvenção das escolas para encontrar outras formas de se organizar porque alunos têm velocidades diferentes e necessitam de abordagens distintas para corrigir esse atraso.

Rossieli Soares tratou do papel do Estado para dar um suporte sanitário e psicológico para alunos e professores neste momento.

O secretário estadual de Educação de São Paulo citou as dificuldades de infraestrutura e as diferenças de realidade entre as unidades de ensino como obstáculos para conseguir se adaptar com a rapidez adequada e, assim, superar os desafios impostos pela pandemia.

O ex-ministro criticou a falta de liderança nesse debate em nível nacional e afirmou que, mais do que perguntar se devemos retomar as aulas presenciais, devemos questionar o que é preciso fazer para que isso ocorra de forma responsável e sustentável.

Fórum BandNews FM: Educação, os desafios impostos pela pandemia foi apresentado por Thais Dias e Gabriela Mayer.