DOURADOS VAI SOFRER RACIONAMENTO DE ÁGUA POR TEMPO INDETERMINADO

Sanesul desligou estação que capta metade do volume gasto e ordem é economizar

Rio Dourados está 5,3 m acima do nível. Foto: Reprodução)
Rio Dourados está 5,3 m acima do nível. Foto: Reprodução)

A população de Dourados, cidade a 227 quilômetros de Campo Grande, vai sofrer com falta de água por conta do corte da captação de praticamente metade da capacidade de abastecimento. A Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) confirmou essa interrupção do serviço, que passou a valer desde as 9h desta quinta-feira (10) e não tem data para terminar.

O motivo dessa medida foi o aumento do nível do rio Dourados, que é responsável por 48% do abastecimento da cidade. A água já chegou aos motores da estação, inviabilizando o funcionamento deles para fazer o bombeamento. De acordo com a assessoria de imprensa da Sanesul, essa estação só será religada quando o nível do rio diminuir.

A captação da água fica entre os municípios de Dourados e Caarapó e a estação está localizada próxima à Embrapa Agropecuária Oeste, localizada na BR-163. O rio está com 5,3 metros acima do nível médio depois das fortes chuvas que caíram no Sul do Estado. A atual cheia é a maior dos últimos 32 anos.

Os moradores da cidade também recebem o fornecimento de água a partir de poços subterrâneos, que não foram afetados. “A recomendação é que as pessoas economizem e que façam estoque, enquanto todo o abastecimento não é restabelecido”, divulgou a concessionária, via assessoria de imprensa.

De acordo com o site Dourados Agora, outra cidade na região Sul do Estado que também apresenta problema com falta de água é Coronel Sapucaia, distante 396 quilômetros de Campo Grande. O principal problema naquele município é a lama e os galhos que atrapalham a captação da água. Fonte Correio do Estado.