DOS 19 MIL MUTUÁRIOS DA AGEHAB, SÓ 420 PAGAM MENSALIDADE EM DIA

A população de baixa renda de Mato Grosso do Sul que conquistou casas de programas habitacionais do Governo do Estado em parceria com a União, nos últimos sete anos, será alvo de uma série de ações planejadas pelo poder público para acabar com a inadimplência que revela números surpreendentes.

Dos 19 mil contratos firmados, proprietários de apenas seis mil casas continuam sendo cobrados pelo governo e, desse total, somente 420 famílias estão pagando as contas em dia, o número representa 7% dos contratos.

A titular da Secretaria Estadual de Habitação (Sehab), Maria do Carmo Avesani, que participou ontem de reunião do Conselho Estadual das Cidades, afirmou que os 13 mil contratos entre beneficiários e o governo não são mais emitidos para cobrança e ainda não se sabe, claramente, o motivo de os documentos não aparecerem nas estatísticas dos contratos. Fonte: Correio dos Estado.