DILMA ENTREGA CHAVES DA CASA PRÓPRIA A MAIS DE 17 MIL PESSOAS NESTA SEGUNDA

Casas Populares

minha casa minha vidaA presidenta Dilma Rousseff participa, nesta segunda-feira (10), em São Luís (MA), de um evento de inauguração de empreendimentos do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), quando serão entregues as chaves de 4.467 moradias em quatro cidades de dois estados: São Luís e Caxias, no Maranhão; Campo Grande e Anastácio, no Mato Grosso do Sul. As unidades habitacionais, destinadas a famílias com renda de até R$ 1,6 mil, beneficiarão mais de 17 mil pessoas.

Em São Luís serão entregues 1.300 unidades do Residencial Amendoeira e 720 do Residencial Santo Antônio. No município de Caxias, mil unidades do Residencial Vila Paraíso. Em Campo Grande, 688 casas do Residencial Celina Jalad serão entregues, e em Anastácio 759 famílias receberão as casas próprias do Residencial Jardim Independência II.

Todas as unidades são divididas em ois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço. Além disso, são equipadas com infraestrutura completa, pavimentação, redes de água, esgotamento sanitário, drenagem, energia elétrica e acesso ao transporte público.

Desde 2003, o governo federal mantém, por meio do Ministério das Cidades, uma carteira de investimentos no Maranhão de aproximadamente R$ 11,3 bilhões – R$ 8,1 bilhões especificamente no programa Minha Casa, Minha Vida, outros R$ 708,9 milhões em habitação, R$ 1,3 bilhão em saneamento, R$ 1,1 bilhão em mobilidade urbana e R$ 3,7 milhões em infraestrutura.

Desse valor, R$ 4,3 bilhões foram investidos em São Luís – R$ 2,2 bilhões no MCMV, R$ 458,7 milhões em habitação, R$ 633,7 milhões em saneamento, R$ 1 bilhão em mobilidade urbana e R$ 1,7 milhão em infraestrutura.

Em Caxias, R$ 393 milhões – R$ 286,4 milhões no programa MCMV, R$ 26 milhões na área de habitação e R$ 80,5 milhões em saneamento.

Em Mato Grosso do Sul, foram investidos aproximadamente R$ 7,6 bilhões – R$ 5 bilhões no MCMV, R$ 342,4 milhões em habitação, R$ 1,5 bilhão em saneamento, R$ 732,4 milhões em mobilidade urbana e R$ 14,1 milhões em infraestrutura. Na capital Campo Grande, R$ 3,8 bilhões foram investidos em Campo Grande – R$ 2,5 bilhões no MCMV, R$ 188 milhões em habitação, R$ 445,8 milhões em saneamento, R$ 625,8 milhões em mobilidade urbana e R$ 891 mil em infraestrutura.

No município de Anastácio, R$ 62,5 milhões – R$ 49,5 milhões no MCMV, R$ 3,6 milhões em habitação, R$ 9,3 milhões em saneamento e R$ 53 mil em infraestrutura.

Total no Brasil

Em todo o País, foram investidos mais de R$ 555,2 bilhões – R$ 30,2 bilhões em habitação, R$ 97,3 bilhões em saneamento, R$ 159,8 bilhões em mobilidade urbana e R$ 2,6 bilhões em infraestrutura, informa o Blog do Planalto. Do total aplicado no Brasil, R$ 265,2 bilhões no programa Minha Casa, Minha Vida para a contratação de 4 milhões de unidades habitacionais, com a entrega de 2,3 milhões de moradias. Outras 3 milhões de unidades habitacionais serão contratadas na nova fase do programa, que será anunciada em 10 de setembro. Fonte Jornal do Brasil.