DEPOIS DE DENÚNCIAS, DIRETOR É OBRIGADO A SE DESCULPAR COM EQUIPE

Deu Pânico

Denunciado ao Sindicato dos Radialistas de São Paulo por assédio moral, Alan Rapp, diretor do “Pânico na Band”, foi advertido pela Band por destratar integrantes de sua equipe e será obrigado a se desculpar.

O órgão informou que recebeu diversas reclamações de funcionários e que cobrou explicações da emissora. Segundo o blog da jornalista Keila Jimenez, o canal do Morumbi garantiu que já conversou com Alan e ele prometeu se comportar.

Além disso, o profissional foi obrigado a pedir desculpas aos que reclamaram de sua conduta durante o trabalho no humorístico.

Mesmo com a nova conduta, Rapp continuará na mira do Sindicato e pode ser processado. A entidade segue apurando as denúncias e, caso seja necessário, levará o assunto à Justiça.

POLÊMICA

Alan Rapp foi denunciado por ter faltado com respeito e humilhado funcionários da Band durante gravação do “Pânico” no último dia 9.

Alguns técnicos do dominical procuraram o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão no Estado de São Paulo, afirmando que foram xingados de incompetentes e com palavrões do tipo “pau no c*”.

Na ocasião, os profissionais trabalhavam na gravação do quadro “Pior Não Fica”, comandado por Tiririca.

Essa não é a primeira vez que o diretor é acusado de insultar funcionários. Por isso, cinegrafistas e operadores de áudio ameaçam cruzar os braços da próxima vez que o diretor repetir esse tipo de comportamento. Fonte Famosidades.