CRISE TRIPLICA PEDIDOS DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESAS

Dificuldades em manter fluxo de caixa nas empresas elevaram pedidos em MS

Em recuperação judicial desde 2013, usina de etanol teve falência impetrada em agosto deste ano por dívida com o BNDES
Em recuperação judicial desde 2013, usina de etanol teve falência impetrada em agosto deste ano por dívida com o BNDES

Agravamento da recessão econômica e dificuldades das empresas em manter o fluxo de caixa e ao mesmo tempo arcar com aumento dos custos de produção fizeram aumentar em 370% o número de pedidos de recuperação judicial em Mato Grosso do Sul de janeiro a outubro deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Conforme dados do Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, enquanto em 2014 foram seis solicitações requeridas à Justiça no Estado, neste ano o número saltou para 22 requerimentos.

Quando considerada a quantidade de pedidos deferidos — situação em que o processo foi analisado pelo juiz e a empresa deverá apresentar plano de recuperação para então ser decidida ou não a concessão do pedido —, o crescimento foi de 225%, de oito para 19 solicitações. Neste ano, uma recuperação judicial foi aprovada no Estado, o mesmo número registrado no ano passado. A única recuperação judicial de 2015 até agora foi concedida no mês de outubro. 

O Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações também aponta que cinco empresas ingressaram com pedido de falência na Justiça de janeiro a outubro deste ano, contra seis no ano passado. Enquanto em 2014 nenhum pedido foi concedido, neste ano foi decretada falência de uma empresa. Fonte Correio do Estado