CONTRATOS MILIONÁRIOS DO GOVERNO COM GRÁFICA ALVORADA SÃO ALVO DE INVESTIGAÇÃO

Contratos Suspeitos

O Governo do Estado entregou ao Ministério Público Federal (MPF) e a Receita Federal todos os contratos firmados entre o poder público e a Gráfica Alvorada, empresa vencedora de milionárias licitações na gestão de André Puccinelli (PMDB).

A reportagem apurou que os contratos, principalmente aqueles que foram firmados durante os oito anos da gestão Puccinelli, serão alvo de auditoria dos órgãos.

O proprietário da Gráfica Alvorada é Mirched Jafar Junior, também conhecido por “Mircha”, mantinha contatos frequentes com Puccinelli e servidores do Governo.

O início da apuração se deu depois da Operação Lama Asfáltica, deflagrada pela Polícia Federal, Controladoria-Geral da União (CGU) e Receita Federal, e que apura fraudes em licitações com envolvimento de políticos e de empreiteiros, principalmente o empreiteiro João Krampe Amorim.

MILHÕES

No último dia do mandato de André Puccinelli, em 31 de dezembro do ano passado, o governo autorizou pagamento de R$ 13 milhões para a Gráfica Alvorada. O valor foi autorizado pela Secretaria Estadual de Educação (SED). A mesma pasta já havia autorizado valores altos, de R$ 870 mil, para que a empresa fornecesse livros ao Governo. Na época, a contratação foi feita sem licitação

Em 2013, a mesma gráfica teve contrato semelhante, dessa vez com valor superior a R$ 5 milhões. Foram dois contratos de R$ 2,2 milhões e R$ 2,9 milhões, respectivamente, também para aquisição de livros. Em outubro de 2011, a Alvorada, recebeu R$ 3,6 milhões para desenvolver um livro para combater o bullying nas escolas estaduais. Na época, o contrato não detalhava a quantidade de exemplares comprados.

Assim que assumiu o comando do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que o último contrato firmado entre o poder público e a Gráfica Alvorada seria investigado. Azambuja chegou a afirmar que o valor autorizado pela SED comprometeu a compra de kits escolares para os alunos da rede estadual de ensino. Fonte Correio do Estado