COM FUTURO INDEFINIDO, DORIVA INICIARÁ PROJETO PARA 2016

Vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, disse gostar do trabalho do técnico

dorivaApesar de ser questionado por parte da torcida, Doriva segue com prestígio junto à diretoria do São Paulo, que conta com o treinador para iniciar o projeto do clube para o próximo ano. Em entrevista à “Rádio Bandeirantes”, o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, disse gostar do trabalho do técnico, especialmente por ter “recolocado o time nos trilhos” em um momento político conturbado.

“Acho que faz um bom trabalho. Ele entrou em um momento de fogo, onde um presidente saía, mas tem mostrado personalidade e dado um jeito diferente no time, pois o estilo dele é bem diferente do Osorio. É nosso técnico e provavelmente terminará ano que vem [o contrato do treinador vai até dezembro de 2016]. Não estamos discutindo se ele deve ficar ou não, queremos que ele termine o ano bem e vá para a Libertadores”, disse Ataíde.

“Não é a classificação, é o desempenho. Por enquanto é nosso técnico e quero que continue no ano que vem. Vamos continuar a programação, que já está atrasada, com o Doriva. É ele quem vai nos orientar naquilo que precisamos para o elenco”, completou.

O dirigente ainda comentou sobre o desempenho do treinador diante do Santos na semifinal da Copa do Brasil, em que o São Paulo acabou eliminado após perder os dois jogos por 3 a 1, o último deles na Vila Belmiro.

“Ele fez um belo jogo contra o Sport, fez um jogo que foi bem diante do Santos, onde perdemos, mas por razões que não dependiam dele. No segundo jogo, todos criticam o que ele fez [entrou com três atacantes], mas eu gostei. Ele tentou, de alguma maneira, fazer o São Paulo atacar, era ‘kamikaze’ mesmo, ganhar ou perder, mas infelizmente não deu certo. Não critico pela atuação contra o Santos”, avaliou.

Ataíde ainda declarou que não irá torcer para que o Santos vença a Copa do Brasil, abrindo assim uma vaga a mais no grupo de classificados para a Libertadores via Campeonato Brasileiro, uma vez que o alvinegro praiano ocupa atualmente a quarta colocação do campeonato. Para Ataíde, o importante é o São Paulo garantir uma vaga no torneio para que não ocorra mais uma frustração este ano.

“O São Paulo tem condições e vou lutar para que esteja entre os quatro. Não gosto desse negocio de torcer pro Santos para arrumar mais uma vaga. Se não estivermos entre os quatro, eu vou ficar frustrado do mesmo jeito. Me frustrei por perder o Paulista, a Libertadores, a Copa do Brasil, e não quero ser totalmente frustrado com o Brasileiro”, afirmou.

Apesar de ser favorável à permanência de Doriva, Ataíde ainda precisará conversar com o atual presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros Leite, o Leco, para definir a situação do técnico. Fonte Folhapress.