CARAVANA REALIZA MAIS CIRURGIAS QUE EM TODO ANO DE 2014

Saúde

Cirurgias são feitas rapidamente e em apenas 15 minutos pacientes são liberados da operação  (Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado)
Cirurgias são feitas rapidamente e em apenas 15 minutos pacientes são liberados da operação
(Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado)

Desde que começou, em março, a Caravana da Saúde realizou 7.447 cirurgias de catarata, número cinco vezes maior que as 1.661 realizadas nos doze meses do ano passado. O total também supera todas os procedimentos realizados nos últimos quatro anos juntos, que chega a apenas 6,4 mil.

Os três meses da ação, que  começou por Coxim em 29 de março, também resultam em mais de 800 cirurgias eletivas e 108 mil procedimentos. O projeto, que é o primeiro do Governo do Estado na área, começa a apresentar resultados e a mudar a vida das pessoas pelas quatro cidades em que passou.

Segundo o Assessor Técnico de Ações de Regionalização da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e coordenador da Caravana da Saúde, Marcelo Henrique de Mello, Mato Grosso do Sul tem uma fila de espera pela cirurgia de catarata de 14 mil pessoas, e até o ano passado, tinha a capacidade de realizar até 1.661 cirurgias do tipo. Nas quatro edições da Caravana, esse número já é cinco vezes maior: 7.447 falcoemulssificações, nome médico da cirurgia de catarata, incluindo as 2 mil previstas para serem feitas até o dia 13 em Paranaíba, cidade que recebe a quarta edição di projeto. “Essa fila que parecia interminável e foi apelidada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) como “fila da vergonha”, prolongava por anos o que foi resolvido na caravana em menos de 15 minutos”, explica. Fonte Correio do Estado.