CÂMARA MUNICIPAL APROVA SORTEIO PARA DOAÇÃO DE LOTES E CASAS POPULARES

Água Clara/MS

Vereador Alfredo (PSC) autor do Projeto que determina sorteio para distribuição de Terrenos e Casas Populares
Vereador Alfredo (PSC) autor do Projeto que determina sorteio para distribuição de Terrenos e Casas Populares

Na sessão ordinária desta segunda feira (14) a Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei 0021/2015 de autoria do poder executivo que regulamenta o Conselho Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, órgão colegiado que vai servir de termômetro entre os conflitos existentes.

O referido conselho terá representantes do Poder Executivo, Legislativo, Comunidade em geral através das associações, sindicatos. Fará parte, também, representantes da Igreja católica e da evangélica.

Na mesma sessão, o Vereador Alfredo Alexandrino dos Santos Júnior (PSC), apresentou o Projeto de Lei 0023/2015 que disciplina a distribuição de lotes e casas populares. Com a aprovação do regime de urgência a referido projeto entrou em pauta e foi aprovado pelos vereadores.

Com a aprovação do projeto o Poder Executivo fica obrigado a realizar sorteio em praça pública, de lotes e casas. Este projeto vem de encontro com a pregação do Prefeito Silas José da Silva (PSDB), que em sua época de vereador apresentou várias vezes o mesmo projeto, que sempre foi rejeitado pela base de sustentação do Prefeito Tupete, que distribuiu terrenos e casas a pessoas que já eram proprietários de vários imoveis na cidade, como forma de barganha política.

O Vereador Alfredo Alexandrino, apresentou este mesmo projeto nos anos anteriores, que foi rejeitado pela base aliada do Prefeito, com o apoio da Vereadora Jurema e Biróca, hoje na oposição. Sendo o voto de ambos o motivo da aprovação agora.

O Prefeito Silas José já demonstrou que falava uma coisa na oposição e agora no poder faz outra, por isso acreditamos que este projeto deva ser vetado, da mesma forma que ele vetou o fim da taxa de iluminação pública que ele em sua atuação no legislativo chamava de roubo institucional. Agora quer usar os terrenos e casas populares da mesma forma que seus antecessores, como troca de favores.

Restaram ainda vários projetos do executivo para serem votados nas próximas sessões, dentre eles o que trata do Plano de Cargos, Carreira e Salários e outro que regulamenta a distribuição de lotes e casas populares. Vamos aguardar. Por Mário Oliveira.