BRASIL ARRANCA EMPATE COM A ARGENTINA NO MONUMENTAL

Depois da fraca atuação na primeira etapa, seleção reagiu e garantiu o empate com o gol de Lucas Lima

Lucas Lima marcou pela primeira vez com a camisa da seleção
Lucas Lima marcou pela primeira vez com a camisa da seleção

Com um gol de Lucas Lima no segundo tempo, o Brasil arrancou um empate por 1 a 1 com a Argentina, no Monumental de Nuñez, pela 3ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Depois das fortes chuvas da quinta-feira que forçaram o adiamento do jogo, nesta sexta o clima melhorou e a torcida compareceu em grande número para ver a argentina dominar o primeiro tempo. Com apenas 5 minutos, os Hermanos já haviam criado duas boas chances com Lavezzi, que exigiu defesa de Alisson e Dí Maria, que bateu pra fora em chute cruzado.

Mesmo sem Messi, Tevez e Agüero, os donos da casa continuaram pressionando até abrirem o placar aos 33 minutos. Em rápido contra-ataque puxado por Dí Maria, Higuaín cruzou rasteiro e Lavezzi aproveitou o vacilo de Daniel Alves para balançar a rede: 1 a 0.

Muito mal em campo, o Brasil só criou uma chance na primeira etapa. Aos 40 minutos, Willian cobrou falta na área e David Luiz cabeceou pra fora com perigo.

Na volta do intervalo, o panorama continuou o mesmo. Logo com 2 minutos, Banega acertou a trave de Alisson e por pouco não ampliou a vantagem. O Brasil respondeu com Neymar aos 8 com um chute de fora da área que passou à esquerda do gol de Romero.

Aos 11, Douglas Costa entrou na vaga de Ricardo Oliveira o gol de empate saiu logo na sequência com participação do atacante do Bayern de Munique. Aos 13, Daniel Alves cruzou com estilo e Douglas Costa cabeceou no travessão. A sobra caiu no pé esquerdo de Lucas Lima, que pegou de primeira e deixou tudo igual: 1 a 1. Foi o primeiro gol do meia santista com a camisa da seleção.

O gol acordou o Brasil, que passou a pressionar a saída de bola. Dunga voltou a mexer na equipe e colocou Renato Augusto no lugar de Lucas Lima. A seleção passou a atacar mais e ficou perto de marcar o segundo gol, mas foi a Argentina que assustou mais duas vezes. Primeiro com Higuaín, que se esticou todo e não alcançou o cruzamento e depois com Otamendi, que cabeceou pra fora.

Nos minutos finais, o Brasil ainda ficou com um a menos. Aos 43, David Luiz deu uma entrada dura em Biglia e foi expulso. Gil entrou na vaga de Willian para recompor a zaga e a seleção conseguiu segurar a pressão final dos rivais.

Com o empate, o Brasil ocupa o 5º lugar na tabela, com 4 pontos. Já a Argentina segue sem vencer e é apenas a 8ª colocada, com 2 pontos.

Na próxima terça-feira, o Brasil recebe o Peru, na Fonte Nova, pela 4ª rodada das Eliminatórias. No mesmo dia, a Argentina visita a Colômbia. Fonte Band.