ANDRÉS AMEAÇA TIRAR CORINTHIANS DA LIBERTADORES POR CONTA DA PREMIAÇÃO

Dirigente irá ao Paraguai na próxima semana para pleitear cotas maiores para os clubes e permissão para a exposição de patrocinadores; se não for atendido…

Andrés Sanchez durante entrevista neste sábado. (Foto: Leonardo Lourenço)
Andrés Sanchez (Foto: Leonardo Lourenço).

O superintendente de futebol do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou que o clube pode abrir mão da Libertadores do ano que vem se as condições para a disputa do torneio não forem mais favoráveis. Ele irá ao Paraguai na próxima terça-feira, ao lado do presidente Roberto de Andrade, para discutir as exigências da diretoria alvinegra.

Segundo Andrés, o Corinthians quer um aumento nas cotas e a autorização para que o clube exponha as marcas de seus patrocinadores nas partidas que faz em casa – apenas parceiros da Conmebol aparecem nas placas.

– Vamos para o Paraguai na terça-feira, e se não aumentar, a gente não disputa não. Entendemos que é ridículo receber mais no Paulista, na Copa do Brasil e no Brasileiro do que na Libertadores – disse o cartola, durante uma campanha para doação de sangue na Arena Corinthians neste sábado de manhã.

Atualmente, os clubes recebem US$ 120 mil (cerca de R$ 480 mil) por partida em casa na primeira fase. O Corinthians pleiteia entre US$ 300 mil e US$ 350 mil (entre R$ 1,2 milhão e R$ 1,4 milhão). Fonte Globo Esporte.