Anderson Silva consegue adiamento de julgamento por doping

Anderson Silva – doping

anderson silva
Suspenso temporariamente, Anderson Silva será julgado pela NSAC em abril e pode receber punição pesada (Divulgação/Super Esportes)

A defesa de Anderson Silva solicitou à Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC) o adiamento do julgamento pelo caso de doping. Suspenso temporariamente pela entidade devido ao uso de substâncias proibidas no período da luta contra Nick Diaz, o Spider teria audiência na entidade ainda neste mês.

Mas, segundo informações do programa Revista Combate, o encontro do ex-campeão dos médios do UFC com membros da comissão foi transferido para 9 de abril, em Las Vegas.

Anderson Silva teve a primeira  audiência na Comissão de Nevada agendada para 17 de fevereiro, mas não compareceu e acabou suspenso até a data do julgamento formal. Os advogados do lutador brasileiro entraram com um recurso e conseguiram prazo extra de 20 dias para apresentar a defesa no caso. 

Um dos maiores nomes do MMA de todos os tempos, Anderson Silva foi pego em dois exames antidoping, um antes e outro depois da vitória contra Nick Diaz, no UFC 183, em janeiro. No primeiro teste, feito em 9 de janeiro, ele foi flagrado por uso de drostanolona e androsterona, esteroides anabolizantes.

Dez dias depois, no entanto, ele passou ileso em novo teste. O Spider voltou a ser pego após o combate, com presença de drostanolona, mesma substância identificada anteriormente, e temazepam e oxazepam, fármacos que funcionam como ansiolíticos e sedativos. Fonte: Midiamax/ Super Esportes/CN.